Alimentação Saudável: Como sei que estou me alimentando certo?

Uma alimentação saudável não é se alimentar com produtos dietéticos ou fazer dietas restritivas e você com certeza não tem que se livrar dos alimentos que você ama.

Infelizmente ainda tem muito sensacionalismo em cima desse tema e é preciso tomar cuidado redobrado para saber o que é realmente saudável ou não. Se, em algum momento, você se sentir oprimida por causa de todos os conselhos conflitantes sobre nutrição e dietas que existem lá fora, você não está sozinha, tá?

Toda hora surgem peritos com novidades, tipos de dietas e novas restrições. Você também percebe isso?

Mas não se preocupe! Eu vou fazer o possível para te orientar sempre, está bem?

Então, vamos lá! Primeiramente, eu te peço para não pensar sobre isso (acredita em mim, tá bem?). Ao invés disso, trate de se sentir bem, ter mais energia, melhorar a sua saúde e equilibrar o seu humor.

Eu tenho algumas dicas para te passar agora. Elas são bem simples e seguindo elas você vai conseguir cortar toda essa confusão sobre alimentos e aprender a criar um cardápio saboroso, variado e saudável. E o melhor: essas mudanças de hábitos serão boas tanto para o seu corpo quanto para a sua mente.

alimentação saudável

Começar a comer de forma saudável é mais fácil do que você pensa!

Apenas dê pequenos passos a cada semana para melhorar a sua nutrição e avançar para uma vida mais saudável.

Pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença para a sua saúde. Tente incorporar pelo menos seis dos oito objetivos abaixo em sua dieta e comprometa-se a usar uma nova meta de alimentação saudável a cada semana durante as próximas seis semanas.

Entendeu? Vou explicar melhor…

Comece essa semana com uma meta (qualquer uma das metas abaixo). Quando iniciar outra semana, escolha uma NOVA meta e assim por diante. Quando você perceber, já passou diversas semanas, você não enjoou da alimentação e você conseguiu entrar em um novo ritmo de vida saudável. Até arrisco dizer que a quantidade de gordura em seu corpo irá diminuir consideravelmente..

Vamos começar? Vamos sim!

#01 Troque metade dos seus alimentos por frutas, verduras e legumes

Escolha verduras com cores vermelhas, laranja e verde escuro, como tomate, batata doce e brócolis, juntamente com outros legumes para suas refeições. Adicione a fruta às refeições como parte de pratos principais ou como sobremesa. Quanto mais colorido você montar o seu prato, mais provável que você terá todas as vitaminas, minerais e fibras que seu corpo precisa para ser saudável.

#02 Troque metade dos grãos que você come por grãos inteiros

Calma! Você não vai comer só grãos, muita gente ainda tem esse preconceito. Continue lendo o que escrevi pra você. Uma maneira fácil de comer mais grãos integrais é mudar de um alimento de grão refinado, para um alimento de grãos inteiros. Por exemplo, comer pão integral ao invés de pão branco. Veja essa lista de ingredientes que criei: trigo integral, arroz integral, aveia, quinoa e linhaça.

#03 Escolha uma variedade de alimentos com proteína

Carne, aves, frutos do mar, feijão ou ervilhas, ovos, nozes e sementes são considerados parte do grupo de alimentos de proteína. E proteína é fundamental para uma alimentação saudável, abuse dela!

#04 Compare o Sódio em alimentos

Eu sei que não é sempre que estamos dispostos a fazer comida em casa e comprar alguma comida congelada ou enlatada é a melhor opção no momento. Você deve evitar AO MÁXIMO esse tipo de alimentação, mas se não tiver como fugir, escolha aquela que apresenta um menor índice de sódio! Olhe o Rótulo de Informações Nutricionais e faça a escolha menos pior pra você.

#05 Beba água ao invés de bebidas açucaradas

Opte por água potável ou bebidas não adocicadas. Refrigerantes, bebidas energéticas e bebidas esportivas são uma grande fonte de açúcar… Tente adicionar uma fatia de limão, melancia ou algumas gotas de suco 100% natural no seu copo de água, se você quiser algum sabor.

#06 Coma Frutos do Mar

Frutos do mar inclui peixes (como salmão, atum e truta) e marisco (como caranguejo, mexilhões e ostras). O marisco tem proteínas, minerais e ácidos graxos ômega-3 (gordura saudável para o coração).

#07 Reduza gorduras sólidas

Coma menos alimentos que contenham gorduras sólidas. As nossas principais fontes são bolos, biscoitos e outras sobremesas (muitas vezes feitas com margarina), pizza… Também entram nessa lista as carnes processadas e gordas (por exemplo, as salsichas).

Já escolheu 6 metas para seguir? Me conta aqui nos comentários, bem aqui embaixo, quais metas você escolheu. Estou esperando, viu?

Aproveita e me siga nas redes sociais que tem muita novidade rolando! Clica aqui e me siga no Facebook! Aproveita e me siga no Insta também!

Deixe seu comentário