Coisas Que Não Devem Ser Feitas À Noite – Será Que É Verdade Tudo o Que Falam Por Aí?

Coisas que não devem ser feitas à noite

Meninas, se vocês acompanham o meu blog, já devem saber que muitas informações sobre nutrição e treino que circulam por aí não passam de mitos sem fundo científico. O assunto da vez é sobre coisas que não devem ser feitas à noite.

Quem está praticando atividades físicas ou passando por reeducação alimentar provavelmente consegue citar alguns hábitos proibidos durante à noite. Os principais são: não comer carboidratos e não treinar. Mas será que essas orientações realmente estão corretas?

Comer carboidratos à noite: pode ou não?

Vocês já devem ter ouvido falar que comer carboidratos à noite engorda, certo? A explicação para isso seria que nosso metabolismo desacelera nesse período, e incluir carbos no cardápio da última refeição do dia acumularia mais energia.

Parece ter sentido essa lógica, até porque vamos dormir e, dessa forma, ficar em repouso não gasta energia, certo? Errado! De acordo com estudos, durante o sono, há quedas e picos na velocidade do metabolismo e pesquisadores concluíram que o nosso metabolismo funciona de forma muito semelhante à quando estamos acordadas. Pois é meninas: mesmo dormindo, queimamos gordura!

Para demonstrar esses efeitos na prática, um estudo publicado no “Journal of Obesity” separou dos grupos, cada qual com cardápio contendo a mesma quantidade de calorias, proteínas, carboidratos e gorduras, diferenciando-se entre si pelo período em que ingeriam os carbos. Enquanto os indivíduos do grupo experimental consumiram grande parte desses alimentos de uma vez à noite, os do grupo de controle ingeriam pequenas porções durante o dia.

Seis meses depois sabe qual foi o resultado? O grupo experimental, que havia consumido a maior parte dos carbos à noite, perdeu mais peso do que o grupo de controle. E, pasmem, também apresentaram mais saciedade. A explicação para isso é totalmente hormonal: quando comemos alimentos ricos em glicose com frequência, o corpo produz mais insulina para absorvê-lo. O problema é que esse hormônio causa a sensação de fome e aí tendemos a querer comer mais carboidratos. Assim, entramos num ciclo vicioso!

Por outro lado, se comemos carbos com menos frequência, produzimos menos insulina e ainda forçamos nosso corpo a se adaptar sem precisar pedir alimentos frequentemente. Óbvio que isso não significa carta branca para exagerar. O que estou dizendo, meninas, é que não precisamos ficar com medo de comer carbos à noite. Podemos consumi-los, desde que façam parte de uma dieta balanceada, ok?

Não pode treinar à noite?

Também está entre as coisas que não devem ser feitas à noite a prática de atividades físicas. Mas será que é verdade? De fato, meninas, malhar até quatro horas antes de dormir pode atrapalhar o sono. E isso vale principalmente para exercícios mais intensos!

Treino pesado à noite prejudica o fluxo do sono e interfere na recuperação do organismo. Com isso, você tem o efeito contrário do desejado, porque seus resultados acabam prejudicados. Além, é claro, de arcar com diversos malefícios à sua saúde física e mental.

Meninas, espero que tenha ficado claro quais são as coisas que não devem ser feitas à noite. Caso surja alguma dúvida, eu e a equipe Corpo D21 estamos sempre disponíveis para ajudá-las!

Um grande abraço,
Olivia Andriolo e
Equipe Corpo D21

Deixe seu comentário